Tiro de lance livre de basquete

O arremesso de lance livre bem sucedido requer confiança, boa mecânica, rotina, relaxamento, ritmo e concentração. A rotina, o relaxamento e o ritmo contribuem para a concentração e a confiança.

Confiança

Pense positivamente. Você sempre atira do mesmo lugar na linha. Ninguém está protegendo você. A cesta é grande. Três bolas e meia podem caber no aro. Com confiança – e boa mecânica – você não pode perder.

Fique alguns metros atrás da linha de lance livre até que o oficial lhe entregue a bola. Você ficará mais relaxado lá. Se você ouvir comentários negativos da multidão ou reconhecer seus próprios pensamentos negativos, interrompa-os com a palavra pare. Respire fundo e deixe de lado os pensamentos negativos ao expirar. Substitua-os por uma declaração positiva de afirmação, como eu sou um atirador! Nada além de rede! ou conte!

Rotina

Desenvolva uma rotina de som para seu lance livre. Uma rotina ajuda você a relaxar, focar e atirar com ritmo. Mais importante, usar uma rotina aumentará sua confiança. A rotina pode incluir driblar um determinado número de vezes, verificar uma ou duas mecânicas, usar a visualização para praticar mentalmente o lance livre antes de lançá-lo e respirar fundo para relaxar. Adote uma rotina sólida e permaneça com ela; é um erro copiar modismos ou mudar repetidamente de rotina.

Aqui está um exemplo de rotina que você pode ajustar para se adequar a você. Assim que receber a bola, posicione os pés, certificando-se de alinhar a bola (não a cabeça) com o meio da cesta. Use a pequena marca de recuo no chão exatamente no meio da linha de lance livre que marca o círculo de lance livre. Posicione o pé que arremessa um pouco fora dessa marca, alinhando a bola com o meio da cesta.

A maioria dos jogadores usa o tiro com uma mão para o lance livre, tomando o tempo para controlar cada uma das mecânicas básicas: equilíbrio, posição da mão, cotovelo alinhado, visão (foco), ritmo e acompanhamento.

Prepare-se em uma postura equilibrada. Alguns jogadores quicam a bola um certo número de vezes para ajudá-los a relaxar. Ao quicar a bola, mantenha a mão que arremessa por cima. Isso ajuda você a ter sua mão atiradora voltada para a cesta ao definir a posição alta para atirar. Use uma posição relaxada com a mão e alinhe o dedo indicador com a válvula da bola. Em seguida, verifique o alinhamento do seu cotovelo. Alguns jogadores não têm flexibilidade para colocar a mão voltada para a cesta e o cotovelo para dentro. É mais importante ter a mão que arremessa voltada para a cesta do que colocar o cotovelo completamente. Se sua mão tende a virar para o lado quando você traz o cotovelo para dentro, deixe-o ficar um pouco para fora.

Relaxamento

Aprenda a relaxar ao atirar em lances livres. Você tem mais tempo para pensar com lances livres do que com outros arremessos. Tentar muito pode causar tensão física ou emocional indevida. Use a respiração profunda para relaxar a mente e o corpo. Para um lance livre, você deve relaxar particularmente os ombros; respire fundo e deixe seus ombros caírem e relaxarem. Faça o mesmo com seus braços, mãos e dedos. Aprenda a relaxar outras partes do corpo. Controlar a respiração e relaxar os músculos são especialmente úteis em uma rotina de lance livre.

Concentração

Antes de fotografar, visualize uma foto bem-sucedida. A visualização imediatamente antes de disparar pode produzir um ritmo mais fluido, suave e contínuo e aumentar a confiança. Antes de atirar, concentre-se no alvo logo acima do aro. Mantenha o foco no alvo enquanto atira.

Ritmo

Comece a arremessar alto e use o movimento para baixo e para cima das pernas para dar ritmo, em vez de abaixar a bola para dar ritmo. O movimento para baixo e para cima de suas pernas fornece impulso para sua tacada e é particularmente útil ao atirar no final do jogo, quando suas pernas estão cansadas. Ao iniciar a bola alto e usar as pernas para dar ritmo, você diminuirá a chance de erro que pode advir de abaixar a bola.

Atire o lance livre com um ritmo suave e fluente. Use palavras-chave personalizadas para ajudar a estabelecer um ritmo sequencial suave para o lançamento de lances livres. Diga suas palavras no ritmo do seu tiro. Por exemplo, se suas palavras-gatilho são pernas e através e sua palavra âncora é sim, coloque-as juntas – Pernas através sim! – no ritmo da sua tacada, desde o início da sua tacada até que a bola seja lançada. Usar palavras-chave personalizadas dessa forma estabelece seu ritmo, aprimora sua mecânica e aumenta a confiança.

Aja como um atirador

Exagere no seu acompanhamento, mantendo os olhos no alvo e o braço de arremesso para cima até que a bola atinja a cesta. Manter o seu acompanhamento não é apenas bom mecanicamente, mas mais importante ainda, você parece e age como um atirador.

Erro Comum

Você se sente tenso antes e durante o lance livre.

Correção

Use a respiração profunda para relaxar a mente e o corpo. Inspire profundamente e expire completamente. Relaxe seus ombros, deixando-os cair e afrouxar. Faça o mesmo com seus braços, mãos e dedos. Aprenda a relaxar outras partes do corpo conforme necessário.

Exercícios de lance livre

1. Prática Diária de Lance Livre

Faça um determinado número de lances livres a cada dia. Pratique séries de 10 lances livres após outros exercícios. Como um jogador raramente faz mais do que dois lances livres consecutivos durante um jogo, ao fazer este exercício, nunca execute mais do que dois lances livres consecutivos sem sair da linha.

Pratique sob pressão. Use a imaginação e compita contra si mesmo. Por exemplo, imagine que o tempo acabou e que o lance livre vencerá o jogo. Registre o número de lances livres feitos a cada 100 tentativas. Desafie constantemente seu próprio recorde. Faça o mesmo com lances livres consecutivos.

Seja confiante. Use afirmações positivas antes de ir para a linha e visualize uma tacada bem-sucedida antes de atirar. Ter uma rotina ajuda a aumentar a confiança para lances livres. Use técnicas de respiração profunda e relaxamento muscular.

Foco. A etapa final antes de atirar é eliminar todas as distrações e se concentrar na cesta. Diga suas palavras-chave personalizadas no ritmo, desde o início do lance livre até o lançamento da bola. Se errar, visualize um lance livre bem-sucedido em boa forma, repetindo suas palavras-chave.

Atire 100 lances livres. Pontue-se com base no número total de lances livres feitos. Registre sua pontuação. Também registra o maior número de lances livres consecutivos. Desafie seu recorde toda vez que você executar o exercício.

2. Olhos abertos e olhos fechados – Tiro com lance livre

A combinação da prática de lance livre com os olhos fechados e a prática de lance livre com os olhos abertos tem demonstrado por pesquisas melhorar o arremesso mais do que a prática de lance livre apenas com os olhos abertos. Fotografar com os olhos fechados remove a visão como seu sentido dominante, intensificando seus outros sentidos, particularmente o sentido cinestésico (sensação do movimento corporal) e o tato.

Visualize uma tacada bem-sucedida e concentre-se na cesta imediatamente antes de fechar os olhos. Faça um lance livre com os olhos fechados.

Comece o exercício atirando 5 lances livres com os olhos abertos. Peça a um parceiro que rebata a cada tacada e monitore quantas tacadas você fez em 5 e quantas vezes consecutivas.

Depois de fazer 5 lances livres com os olhos abertos, faça 5 lances livres com os olhos fechados. Peça a um parceiro que rebata a bola e lhe dê feedback sobre cada tacada, incluindo a reação da bola no aro. Use este feedback e seus sentidos cinestésico e tátil para ajustar sua tacada conforme necessário.

Complete o exercício atirando 5 lances livres com os olhos abertos. Peça a um parceiro que rebata a cada tacada e acompanhe quantas tacadas você fez em 5 e quantas vezes consecutivas.

Pontue-se com base no número total de lances livres feitos. Registre sua pontuação. Também registra o maior número de lances livres consecutivos. Desafie seu recorde toda vez que você executar o exercício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *